NÃO FUJA DE SI

auto-estima
Reprodução/Tumblr

Você se esforçou tanto e mesmo assim o desânimo fez questão de te encontrar. Fazia tempo que ele não te procurava – estava até estranho isso de as coisas irem tão bem em um momento longo de calmaria. Mas ele chegou, como aquele vento frio entrando pela frestinha da janela, de mansinho, até deixar os seus braços arrepiados. Não tem mais jeito, te alcançou.

Eu sei, nesses momentos dá vontade de deixar tudo de lado e ficar num cantinho qualquer, colada na parede, vendo a vida passar. As coisas não fazem mais tanto sentido e tudo parece te deixar para baixo. Pensamentos ruins passam pela cabeça e simplesmente não há jeito de fazê-los parar.

Vou contar um segredo: todo mundo se sente assim de vez em quando. Até aquelas pessoas que você acredita serem as mais incríveis do mundo, que levam vidas superlegais e badaladas e tem um montão de amigos. Sim, mesmo elas passam por isso. Todo mundo têm os seus motivos.

A questão é: como sair dessa? Como entender que você é especial e que aí dentro mora um ser brilhante, que ainda promete fazer muito?

Quanto?
Quando?

E então travamos. Por onde começar se, agora, está tão difícil de levantar e tentar? Olha, é normal chegar naquele ponto em que a gente pensa “por que estou insistindo nisso, mesmo?” e todas as coisas acabam parecendo muito pequenas. Dá vontade de abrir um zíper e sair dessa carcaça, se libertar de absolutamente tudo. O problema é que você acha que não sabe por onde começar.

Mas lembre-se: você sabe. No fundo, bem lá no fundo, você sabe. É que o desânimo que te pegou deixou uma venda em seus olhos e acaba sendo mais confortável deixá-la ali. Acontece que a razão está lá. Se algum dia você sonhou com algo, foi porque o seu coração quis muito e sentiu que merecia. Ele é importante e tem que ser ouvido.

A maior bússola continua dentro de nós e, para deixar que ela nos leve aos lugares certos, temos que continuar fazendo aquilo que gostamos, conversando com as pessoas que amamos, nos divertindo do jeito que sempre nos divertimos.

Isso tudo vai dando combustível para continuar, entende? Sobre essa perspectiva que você vê agora, está tudo distorcido. Mas a vida apenas continua sendo a mesma. Você precisa fazer a sua mágica: vivê-la como quer e, um dia, olhar para trás e ver que conseguiu se encontrar.

Interprete isso como um sopro do futuro. Pensando em algo mais palpável você consegue se animar? Certo. Então lave este rosto, arrume suas coisas, erga as mangas escreva numa folha de papel ao lado da sua mesa de cabeceira:

Vale muito a pena continuar apostando nisso tudo.

Você ainda está num processo de construção, em que cada pequena pecinha do seu cotidiano vai montar algo valoroso pra você lá na frente. Confie. Levante-se e continue.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s