SOLTE ESSA TRISTEZA

Foto: Reprodução/Tumblr
Foto: Reprodução/Tumblr

Não prenda. Não guarde. Não aprisione.

Solte essa tristeza.

Deixe o sentimento fluir, porque agora é a hora certa de ele dar as caras. Guardá-lo não adiantará nada, você sabe, não é? Só deixará a ferida ainda mais dolorida, difícil e, cada vez que ela aparecer, vai pesar ainda mais. Para machucar. Para te lembrar que a dor ainda não foi vivida.

Você tem que resolver isso agora. Perca esse medo de se permitir. Não dá para disfarçar e colocar um sorriso feliz ao ver as flores murchas. Elas já caíram e fingir que o vaso ainda é belo não é uma solução.

Está na hora de olhar para aquilo tudo e deixar a cabeça viajar. Fazer a ida e a volta daquele caminho de possibilidades e lembranças que te atormentam até mapeá-lo de cor. Você tem que passar por isso, entende? O depois é ainda está por vir, o agora é isso aqui. Esse quarto escuro, essa música de melodia parada, o celular apitando ao longe e a cabeça a mil.

Pegue todas as frases clichês e digite aquele mundo de palavras tristes. Pode contar que o seu coração se derreteu para o ralo, que seu estômago está vazio e frio e que parece que um caminhão te fez em pedacinhos. O exagero é inerente e sentimento é estilhaço.

As sensações que você sente agora parecem existir só para nos testar. Porque são pesadas, incomodam feito uma pedra no sapato, nos deixam com os ombros arcados e o olhar perdido. Será que aguentamos? Será que conseguimos?

A gente não sabe. Se é destino, um passo incerto que você deu lá atrás ou simplesmente se tinha que ser assim. Mas o fato é que aconteceu, e o momento que você vive agora simplesmente tem que ser vivido.

Deixe a tristeza fluir. E em seu maior ato, ela ainda vai sair em forma de lágrima e rolar pelo rosto, até o momento em que a pele tornará a secar.

Sim, porque uma hora ela seca.

E, quando secar, aí sim será o momento em que você se levantará novamente. Abra a janela, lave o rosto, prenda o cabelo e olhe para o futuro.

Mas isso é ali na frente, você sabe, não é?

Porque eu não vou te forçar a nada. Por enquanto, pode ficar por aqui. Sente-se ao meu lado e leia o texto de novo. Eu bem que queria, mas não posso te abraçar agora, por isso, me resta apenas dar um conselho:solte essa tristeza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s