MÚSICA DE HOJE: VAMOS DE HAYLEY KIYOKO?

hayley
Foto: Reprodução

Você ainda não conhece a Hayley? Atriz, cantora, compositora e bailarina, a americana tem 25 anos e nasceu em Los Angeles, na Califórnia. Ela ficou mais conhecida, inicialmente, por interpretar a Velma em algumas versões de filmes do “Scooby Doo!”. RÁ! Alguém aí reconheceu?

hayley-2
Foto: Reprodução

Bom, mas não foi só isso: ela ainda fez aparições em “Os Feiticeiros de Waverly Place” e “Unfabulous”, além de outras séries que a gente conhece e adora, como “The Vampire Diaries” e “CSI”, na qual se tornou personagem fixa. Mas este post não era sobre música, minha gente?! Siiim! Aí é que vem o pulo do gato: Hayley é super talentosa e tem ficado cada vez mais conhecida no mundo da música. \o/

hayley-3
Foto: Reprodução

Seu primeiro álbum foi lançado há alguns anos já, acredita? Lá em 2008! “Hede” não teve tanta repercussão assim. Depois, em 2009, ela lançou um EP, “The Stunners”, que era o nome de sua banda na época e, em 2011, participou da trilha sonora de “Lemonade Mouth”, da Disney. Então, após todo esse percurso entre as telinhas e os microfones, vieram dois EPs como cantora solo, o “A Belle To Remember”, em 2013, e o “This Side Of Paradise”, no ano passado.

O que podemos adiantar? Que é música boa, boa mesmo! A melodia é lenta e, ao mesmo tempo, tem umabatida marcante. As letras são legais e a voz dela é linda, linda! Quer comprovar tudo isso? Então dá o play:

Dá para acreditar que o clipe que você acabou de ver foi dirigido pela própria cantora? Muito legal, né? Ele conta a história de duas meninas que se gostam – e de uma forma delicada, você entende quais são os sentimentos expostos durante a aproximação delas e percebe bem o clima deixado ao longo do clipe.

A fotografia dos vídeos é de uma maravilhosidade de encher os olhos! As letras também são bem intensas (vi alguns fãs da cantora dizerem que há uma certa continuidade entre elas). Super bacana ela pensar na construção de uma história. Concorda?

Ah! Não se esqueça de acompanhar as novidades de Hayley em seu site oficial e em seu Instagram.

 A gente avisou: a indicação musical de hoje tem realmente uma sonoridade deliciosa e uma voz doce – não dá para parar de ouvir! Curtiu tanto quanto a gente? Comenta, comenta!

TRÊS CANTORAS BRASILEIRAS PARA VOCÊ CONHECER HOJE

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Curte descobrir novos talentos e músicas que simplesmente não saem da cabeça? Ama boas letras e melodias diferentes? Então este post vai te agradar com cer-te-za! Elas cantam muito bem, possuem um estilo único e, olha só que legal, nasceram no mesmo país que você. Ainda não as conhece? Então não sabe o que está perdendo! Hoje vamos te apresentar três cantoras brasileiras incríveis que (com certeza!) vão entrar para a sua próxima playlist!

Blubell

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Blubell é cantora, compositora e guitarrista. Ela começou a carreira bem cedinho, aos 16 anos de idade, integrando a banda “Blue Liver”. Depois, ainda participou de shows da banda paulistana “Funk Como Le Gusta”, trabalhou em trilhas publicitárias, atuou com um quarteto de jazz e seguiu uma carreira de sucesso. Sua música “Chalala” foi a canção-tema do seriado “Aline”, da Globo. O som que a Blubell faz é delicioso e divertido.

Sua música tem uma forte influência do Jazz, as letras são fortes e a voz da cantora é um doce. Combinação perfeita, né? Estamos viciadas! Saiba mais e acompanhe-a: Site / Facebook / Instagram

Lulina

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Lulina é natural de Recife, mas mora em São Paulo desde 2003. Lançando álbuns experimentais caseiros desde 2001, ela encanta pela entrega com que faz seus trabalhos, sempre com muita alma e boa sonoridade. Não fique surpresa se você achar que já a ouviu antes: suas faixas participaram de trilhas de cinema (como no filme “A Mulher Invisível”), de seriados, como o maravilhoso “Alice”, da HBO, de coletâneas internacionais e de vários comerciais.

Som fofo e ao mesmo tempo com o toque indie que a gente ama, né? Cantando sobre temas variados, a Lulina encanta pela simplicidade e, ao mesmo tempo, enche os nossos corações com seus refrões bem-humorados. Acompanhe-a: Site/ FacebookInstagram

Nana

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A baiana Nana estudava Jornalismo quando teve a oportunidade de ir trabalhar em uma revista na Rússia. Foi lá que ela expandiu sua visão de mundo, fez suas primeiras gravações e começou a pensar na música como algo mais sério. Voltando ao Brasil, ela formou uma equipe e, aos poucos, eles foram projetando seu primeiro disco, “Pequenas Margaridas”. As músicas são uma graça e têm um toque de surrealismo e uma energia feminina sem igual. Nana já saiu em turnê com “A Banda Mais Bonita da Cidade” e também já tocou com a Lulina (e com muitas outras pessoas talentosas). ❤

Deu pra perceber com a música aí de cima que a cantora é cheia de personalidade, né? Agora ela está trabalhando nas gravações de seu novo disco, que promete ser ainda mais lindo do que o primeiro!
Acompanhe a Nana: Site / FacebookInstagram

Três trajetórias bonitas, três artistas incríveis e três tipos de música que não conseguem se definir com uma única palavra. Estamos encantadas! E você, curtiu conhecer estas cantoras? Conta pra gente nos comentários!

TRÊS BANDAS BRASILEIRAS PARA VIRAR FÃ AGORA MESMO!

dnaipes

Tem muito brasileiro fazendo um som bom! E, olha, não estamos falando de bandas que você já conhece e ama, como o NX Zero, por exemplo, mas de outras ainda mais novas – que também estão garantindo um lugarzinho especial em nossas playlists e também em nossos corações. ❤ Neste post, vamos te mostrar porque é que a Leash, a Dnaipes e a 5 a Seco têm tudo para fazer cada vez mais sucesso!

dnaipes-2

Sim, a foto que abre o nosso post é deles! Conheci a banda por causa do Gee Rocha, do Nx Zero, e aposto que muita gente chegou a eles da mesma forma. O Gee é amigo e produtor dos caras, que formaram a “Dnaipes” já faz um tempinho, em 2007. Pois é, eles já têm um tempo de estrada, viu? Mas foi só em 2015 que lançaram seu primeiro single (e videoclipe!), a música “A Verdadeira Arte”, que pegou com tudo. E recentemente, em janeiro deste ano, a banda lançou o álbum “Um Velho Espelho”, que retrata toda a trajetória do grupo, com várias mensagens marcantes. Eles também lançaram um segundo single, “Reza a Lenda”, que vai grudar na sua cabeça que nem chiclete!

O som deles é muito delicinha, né? É rock e, ao mesmo tempo, tem um fundo de violão que lembra bastante aquele clima de praia. Sem contar que essa música é nostálgica, dá até uma emoçãozinha. Hehe. Muito amor! ❤

banda-leash

Se você achou o som da Dnaipes um tanto praiano, agora vai descer a serra de vez com a Banda Leash, que tem como marca registrada o amor pelo surf e pelas ondas. O grupo foi formado em Curitiba há um tempinho, em 2005. Eles já se apresentaram em grandes eventos, dividindo o palco com artistas como Capital Inicial, Marcelo D2 e Armandinho, mas foi com a participação no programa “SuperStar” que despontaram de vez.

Sonzinho relax com letra fofinha (estilo declaração dos sonhos), né?! A música deles me fez lembrar bastante da vibe do Forfun, o que vocês acham?

5aseco

Quem ama MPB vai pirar com este quinteto: Leo Bianchini, Pedro Altério, Pedro Viáfora, Tó Brandileone e Vinicius Calderoni formam a banda 5 a Seco, formada em 2009. O grupo estourou nas redes sociais e ganhou os palcos porque, além das letras bonitas, possui um ritmo bem inovador, com influências de samba, rock, jazz e hip hop. Em 2011, eles gravaram seu primeiro DVD – que teve a participação de artistas que amamos, como a Maria Gadu – e, em 2013, lançaram seu primeiro disco em estúdio, “Policromo”.

Nos comentários desse vídeo, você vê muita gente parabenizando os caras e comparando o belíssimo trabalho ao som de Lenine. É uma pegada bem brasileira, bonita e delicada. O efeito dos cinco cantando em coro é tão, tão lindo!

Termino o post apenas apaixonada por estas bandas! Vamos desejar que elas façam cada vez mais sucesso e também shows pelo Brasil todinho?! \o/ E você, ouviu? Curtiu? Conta aí nos comentários!

LOUISA JOHNSON E JORDAN SMITH: CAMPEÕES E INCRÍVEIS

louisa-johnson-jordan-smith

O mundo da música tem ganhado, todos os anos, nomes muito talentosos. Se, antes, era difícil chamar a atenção, agora, com a internet, o YouTube e, olha só, os reality shows musicais, as coisas não estão mais tããão difíceis assim. Sorte a nossa! Em dezembro, terminaram temporadas dos maiores programas de competição musical do mundo, o The Voice USA e o The X Factor UK. E sabe por que estamos felizes? Porque ganhamos de presente dois vencedores ridiculamente maravilhosos. Louisa Johnson, britânica, tem 17 anos (é impossível de acreditar). Jordan Smith, americano, tem 21. Se você ainda não os conhece, prepare-se: seus ouvidos – e suas playlists – nunca mais serão os mesmos!

Após assistir a primeira audição de Louisa no The X Factor, lembro de ter pensado: “COMO assim?” A mesma coisa aconteceu quando vi a apresentação da garota na fase “desafio das seis cadeiras“. O fôlego, a pegada soul, o timbre e as notas que ela alcança são impressionantes demais. Louisa é muito cool, muito estilosa, muito linda e talentosa até dizer chega. No programa, sua mentora foi a Rita Ora.

Esta música aí de cima é o primeiro single de Louisa, “Forever Young”. A música é um “update” da canção de 1974 do cantor Bob Dylan. Você pode comprá-la no iTunes aqui. Aliás, quer saber como a vencedora da 12ª temporada do reality comemorou a vitória? Comendo pizza e tomando suco de laranja com a irmã mais nova e outros amigos do programa. Que ela faça muuuito sucesso e lance vários álbuns lindos. Ela merece – e nossos ouvidos também! Hehe. Siga a Louisa no Instagram e no Twitter!

O que dizer de alguém que já chega viralizando? Pois é! Jordan destruiu tudo em sua primeira audição na nona temporada do The Voice. Sua versão de “Chandelier”, da Sia, foi notícia em praticamente todos os sites que cobrem o universo pop (quase 22 milhões de views tá bom pra você?). A partir daí, sua participação no programa foi tiro atrás de tiro. O cara é muito, mas muito bom mesmo.

Depois de apresentar a música aí de cima, “Somebody to Love”, do Queen, o concorrente do time de Adam Levine (pausa pro suspiro) conseguiu superar apenas a Adele, que estava há cinco semanas na lista de mais vendidos do iTunes. É, só isso. Coisa boba, que qualquer um faz. #not Dê follow em Jordan no Twitter e também no Instagram!

Ver e ouvir gente talentosa desse jeito, que canta tão bem com tão pouco esforço, chega a ser emocionante. Eu, pelo menos, não consigo evitar os arrepios a cada vídeo deles que assisto. E você, também se apaixonou pela Louisa e pelo Jordan? ❤

LANÇAMENTOS: OS ÁLBUNS QUE VOCÊ PRECISA OUVIR

Fim de ano é a época mais disputada no mundo fonográfico e vários artistas que amamos lançaram novos álbuns e EPs recentemente. Para você não ficar por fora de nada e atualizar a sua playlist, te contamos quais são os principais lançamentos que você precisa (e muito!) escutar. Não perca mais tempo! 🙂

Adele

Demorou, mas finalmente Adele voltou! Seu novo CD, batizado de “25”, já chegou ao mercado quebrando recordes de vendas. Só na primeira semana de lançamento foram vendidas 6 milhões de cópias ao redor do mundo! O single “Hello” atingiu o topo das paradas de diversos países e seu clipe viralizou. Neste novo trabalho, Adele mostra mais uma vez porque é uma das maiores vozes de sua geração. Nossas músicas preferidas até o momento são: “When We Were Young”, “Water Under the Bridge”, “Remedy” e a animadinha “Send My Love”.

Justin Bieber

O novo trabalho do canadense veio para mostrar que Justin, mesmo após anos de carreira, conseguiu fazer um CD melhor do que os anteriores. Em “Purpose”, Bieber misturou seu pop já conhecido (com ótimas batidas eletrônicas) e fez um álbum recheado de hits. Ele ainda chamou Big Sean, Diplo, Halsey, Ariana Grande e Skrillex para colaborações incríveis. Estamos viciados em “Love Yourself”, “The Feeling” e “I’ll Show You”. Caso você ainda não saiba, lá vai mais uma ótima notícia: em seu canal no Youtube, Justin liberou vídeos para todas as 13 músicas da versão standard do disco! Clique aqui pra assistir!

One Direction

“Made In The A.M.” é o primeiro CD da banda após a saída de Zayn Malik e também o último antes das férias que os meninos irão tirar pelos próximos dois anos. Isso mesmo! A boyband vai entrar em hiatus para que cada integrante tire um tempo para si e siga projetos paralelos ao grupo. 😦 😦 😦 Mas vamos falar de coisa boa! O álbum é um dos melhores que eles já fizeram e não conseguimos parar de ouvir “Drag Me Down”, “Olivia” e “End Of The Day”.

Ellie Goulding

Depois de bombar no início do ano com os hits “Love Me Like You Do”, da trilha sonora do filme “Cinquenta Tons de Cinza”, e “Outside”, parceira com Calvin Harris, a cantora britânica acabou de lançar seu mais novo álbum. Em “Delirium”, Ellie aposta de vez no pop dance. Nossas canções favoritas são “Army”, “Something in the Way You Move” e “Lost and Found”.

DNCE

Joe Jonas marcou seu retorno ao mundo da música como líder da banda “DNCE”. Além de Joe, o grupo é formado por mais três integrantes: Jinjoo Lee, Jack Lawless e Cole Whittle. O som da banda é bem divertido e mistura pop com uma pegada retrô. O primeiro EP acabou de ser lançado e já está disponível no canal deles no Youtube.

Little Mix

No início de novembro, a girlband britânica lançou seu aguardado novo disco, o “Get Weird”.  “Black Magic”, carro-chefe do CD, já se tornou um dos maiores sucessos do grupo – o resto do trabalho segue a sonoridade pop divertida com algumas baladinhas. O CD ainda conta com a participação de Jason Derulo na música “Secret Love Song”.

Hailee Steinfield

Hailee, que é atriz, também quer apostar na música. Em 2015, ela mostrou seu talento vocal no filme “A Escolha Perfeita 2”, gravou com o Shawn Mendes e lançou seu primeiro EP. E não é que deu certo? “Love Myself”, primeiro single da carreira de Hailee, se tornou uma das músicas mais tocadas nas rádios americanas e já acumula milhões de visualizações no Youtube. Para ouvir o EP dela é só clicar aqui!

Coldplay

No dia 4 de dezembro, chegou às lojas o “A Head Full of Dreams”, novo disco da banda. Em uma entrevista recente, Chris Martin, líder do grupo, contou que este é o álbum mais divertido deles. A sonoridade fica bem evidente no single “Adventure Of A Lifetime”. O novo disco ainda traz participações de Beyoncé e Tove Lo. 😀

Outros cantores que estão com álbuns novos são Sara Bairelles, Carrie Underwood, Grimes, Nick Carter, 5 Seconds of Summer e Alessia Cara. Já Sam Smith, Olly Murs, Ed Sheeran, Shawn Mendes, Meghan Trainor e Nick Jonas relançaram seus últimos discos com materiais adicionais. Contem pra gente nos comentários quais desses álbuns vocês estão ouvindo! 😀

Surpresa musical do dia: IVY LEVAN

ivy-levan-1

Gosta de música pop? Então temos uma nova cantora para te apresentar que, com certeza, irá entrar para a sua listinha especial de favoritos do gênero! Ok, na verdade ela não é tão nova no mundo da música assim, vai – aliás, se você for a louca do Spotify, é capaz que a conheça. Ivy Levan tem 28 anos e aos 16 se mudou para Los Angeles pra investir em sua carreira musical. Quer saber um pouco mais sobre esta artista que foi uma adolescente tão sonhadora quanto você e eu? Então é só continuar lendo o post!

ivy-levan-3

Ainda aos 16 anos, Ivy acabou virando modelo e assinando um contrato com a Ford Models. Mas isso não quis dizer que ela desistiu do sonho de ser cantora. Depois de experimentar vários estilos musicais, ela abraçou de vez o pop e começou a produzir um álbum com a gravadora Virgin Records. Só que tudo ficou embolado quando a Virgin foi fundida com a Capitol Records: dois anos de trabalho viraram arquivo. Tenso, né? Ivy, então, viveu por quatro anos em Hollywood trabalhando como garçonete até que, finalmente, lançou seu primeiro EP em 2013.

Em 2015, veio o álbum de estreia, “No Good”. O single “Biscuit” foi lançado em janeiro e o CD em agosto. Sabe o DJ Diplo, da música que não para de tocar nas rádios, a “Lean On”? O cara também é produtor e já trabalhou com Madonna e Bieber. Ele trabalhou com Ivy na faixa “27 Club”. Legal, né?

ivy-levan-2

Uma curiosidade: Ivy é amiga de Adam Lambert e eles já cantaram juntos em vários shows. Fica aqui o meu apelo: lancem músicas juntos também, pfvr! ❤

Ivy foi listada como número 1 na Billboard “Nex Big Sound”, que prevê os artistas de mais rápida aceleração nas mídias sociais. Logo, eu aposto que você ainda vai ouvir muito o nome dela, viu? Na minha busca, encontrei até uma fanpage brasileira dedicada à cantora. Ah! Ivy é divertida demais e vale a pena segui-la no Snapchat. Seu user por lá é ivylevan. Gostou das músicas da Ivy? Conta pra gente nos comentários!

Nostalgia: girlbands que deixaram saudade

girlbands-sentimos-falta

Que jogue a primeira pedra quem nunca foi fã de uma girlband! Atualmente, as meninas do Little Mix e do Fifth Harmony dominam as nossas playlists, mas, antes delas, já existiram grupos que deram exemplos incríveis de girl power, feminismo e música boa. Pensando nisso, selecionamos quatro girlbands que deixaram um oceano de saudades. Voltem todas, por favor! Nunca te pedi nada! 

Spice Girls

Considerado o maior grupo feminino de todos os tempos, as “Spice” viraram fenômeno mundial em 1996, quando o single “Wannabe” atingiu o topo das paradas. A partir daí, Emma Bunton, Geri Halliwell, Melanie C, Victoria Beckham e Melanie B passaram por uma revolução em suas vidas. Ao longo da carreira, elas lançaram quatro álbuns (que venderam mais de 90 milhões de cópias!) e colocaram o “girl power” em pauta através de suas músicas e atitudes. O grupo acabou em 2001, mas, em 2007, elas se reuniram para lançar um disco. Teve até turnê de despedida. Alguns anos depois, em 2012, rolou uma apresentação maravilhosa no encerramento das Olimpíadas de Londres. Nos últimos anos, surgiram boatos de uma possível nova reunião, mas nada de concreto foi anunciado até o momento. Viva foreeever!

Rouge

Jamais poderíamos deixar de fora da lista a maior girlband brasileira. Revelada em 2002, no reality “Popstar”, a banda formada por Aline, Fantine, Karin, Luciana e Patrícia explodiu e logo virou o maior nome do cenário pop nacional naquele período. Televisão, jornais, revistas… Em todo lugar só se falava do Rouge. Durante seus três anos de existência, a banda vendeu milhões de álbuns, lotou shows, emplacou diversos hits e conquistou uma legião de admiradores. Tenho certeza de que você deve saber até hoje a coreografia da música “Ragatanga”.  A bomba envolvendo o grupo veio em 2004, quando os fãs foram surpreendidos com a notícia de que Luciana deixaria a banda, alegando não se identificar com o estilo de música que estavam fazendo. Em 2013, as integrantes (exceto Luciana), se reuniram pra gravar novas músicas e até tentaram fazer uma turnê de despedida, mas, por conta de problemas burocráticos, tiveram que adiar os planos. Será que essa turnê ainda acontece em um futuro próximo? Estamos na torcida! ❤

Pussycat Dolls

Tenho que confessar: essa é a minha girlband favorita de to-dos os tem-pos. O grupo foi criado em 2005, ano em que Nicole Scherzinger, Jessica Sutta, Ashley Roberts, Carmit Bachar, Kimberly Wyatt e Melody Thornton apareceram esbanjando sensualidade no clipe de “Don’t Cha”. Não deu outra! A partir daí, elas foram emplacando hits sucessivos nas rádios. O problema é que a girlband passou por vários atritos entre suas integrantes até o anúncio de seu fim, em 2010. O motivo? Nicole era o centro das atenções. As outras integrantes não curtiam ficar sempre na sombra da líder da banda.

Destiny’s Child

O grupo surgiu no início dos anos 90 e passou por diversos nomes e formações até que, em 1996, definiram-se como “Destiny’s Child” e, dois anos depois, lançaram seu primeiro álbum. O sucesso só veio mesmo no CD seguinte, quando os singles “Bills, Bills, Bills” e “Say My Name” atingiram o topo das paradas da Billboard. Este foi apenas o grande começo da trajetória de sucesso de Beyoncé, Kelly Rowland e Michelle Williams. Nos anos seguintes, elas lançaram mais alguns álbuns e, então, partiram para carreiras solo. Entre 2005 e 2006, o trio retornou para uma última turnê. Desde o fim do grupo, as músicas “Independent Women” e “Survivor” tornaram-se verdadeiros hinos feministas e são lembradas e cantadas até hoje. Ah: Beyoncé, Michelle e Kelly ainda são grandes amigas e sempre estão se apoiando.

Mais girlbands que fazem falta: “Sugababes”, “TLC” e “Girls Aloud”. Curtiu o post? Aproveite para contar nos comentários qual é a girlband que mais te deixa com saudade. ❤